VOU DE CARRO NESSAS FÉRIAS! Au! Au!

Está decidido,desta vez os peludos também vão!
Ótimo!
Mas antes que imprevistos venham a estragar o passeio saiba algumas dicas para tudo dar certo (dentro do possível…rs)


1º – Conheça o que diz o código de trânsito para transporte de animais no carro:
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, conduzir animais nas partes externas do veículo (como caçambas ou com parte do corpo para fora da janela) 

Essa cena nem pensar.Além do risco de inflamação do ouvido e dos olhos ainda tem o perigo de algo atingir o animal
e não é raro ouvir falar de cães que saltaram pela janela

é infração grave sujeita à multa  (art. 235). Além disso, se o motorista dirigir com o animal à sua esquerda ou entre os braços e pernas, estará cometendo uma infração média e também poderá ser  multado (art. 252)

E essa aqui? É de arrepiar não?
Nunca dirija com um animal no colo,muito menos entre seus pés

2ª  – Como então transportar o animal?

Sempre no banco traseiro fazendo uso de cintos de segurança (ideal para animais de médio e grande porte.)
Esse modelo permite maior mobilidade ao animal sem diminuir a segurança
Dê preferência a peitorais,evite a coleira pois
pode causar desconforto e machucar numa freada brusca

Caixa de transporte (para todos tamanhos) e Cestas (ótimas para animais pequenos e calmos)

3º – O que vai precisar: 
– Carteira de vacinação em dia .(Vacinas com no mínimo de 10 dias e Maximo de 1 ano)
– Caso vá atravessar a fronteira ,verifique se é necessário tirar a autorização de permanência provisória no pais (no caso da Argentina é o SENASA o orgão responsável )
Alguns países exigem o Microchip.


4º – Visita ao veterinário:
-É bom prevenir,ver se está tudo bem com seu bichinho,peça ao vet uma dica de farmácia básica para levar na viagem. Se necessário peça indicação de um remédio para enjoou e de calmante natural para os mais agitados, …)


5º – A mala do seu Pet :
-Cão : Guia e coleira com medalha de identificação (nas paradas mantenha seu animal na guia,no caso de fugas a identificação ajuda)



Ração em quantidade adequada para os dias de férias. (Nem sempre é possível encontrar no destino a ração ao qual está acostumado,o que pode ocasionar desconfortos ,diarréia,vômitos)
Vasilhas para água e comida (Evite dar água da torneira,ele pode se contaminar e ter uma Giardíase…)
Toalha para banho (não use a da casa que alugou ou do hotel onde ficar)
Caminha (dependendo do animal pode ser a própia caixa de transporte)
Cobertor  (Alguns animais gostam do aconchego deles mesmo no verão)
Alguns brinquedos de que gosta (principalmente se costuma dormir com algum)
-Gato : Caixa e areia  para suas necessidades fisiológicas

LEMBRETES E SUGESTÕES
– Procure viajar em horários de temperaturas amenas.
– Caso seu animal não esteja acostumado a andar de carro,leve-o para passeios antes da viagem para que se adapte,pois alguns adoram mas vomitam e outros ficam em pânico. No primeiro caso será necessária a indicação de um remédio para enjôo e no segundo talvez o ideal seja viajar na caixa de transporte que dá maior sensação de segurança,como numa toca.
NUNCA deixe seu animal sozinho  dentro do carro,mesmo com as janelas um pouco abertas, principalmente se for no verão. Com o calor eles podem super aquecer vindo a morrer.No caso dos Braquicéfalos a atenção deve ser redobrada!
– Seu animal tem pêlo longo (é verão?) apare curtinho. Faça uma tosa higiênica (aquela que retira os pêlos das partes intimas)
Use uma capa protetora para o banco traseiro 

Programe paradas a cada 2:00hs .Dê preferência a lugares com áreas grandes e com jardins (assim ele poderá esticar as perninhas,fazer suas necessidades e beber agua  – não se esqueça de mantê-lo na guia)
– Lembre-se de levar saquinhos para recolher o cocô onde passar (postos,jardins,hoteis…)
– Se vai ficar hospedado em hoteis,pousadas ,certifique-se antes que aceitam animais e não se esqueça da etiqueta para circular nestes locais (limpar a sujeira do seu animal,evitar latidos ,mau cheiro…)
CONSIDERAÇÕES
Não tem preço contar com a companhia dos nossos peludinhos numa viagem de férias,porem é importante ressaltar que deve-se estar preparados para lidar com :
restrições (como acesso limitado a hospedagens,restaurantes,áreas públicas) e 
imprevistos (vômitos, diarréias,latidos )
Se nada disso vai tirar seu humor,uma ótima viagem!

Esse post foi publicado em Cães e Gatos, Conscientização, Dica, transporte, Viajando com o Pet. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s