OS CURIOSOS E DIVERTIDOS GATOS SAVANNAH

Os savannah são gatos muito interessantes, e foram criados a partir da mistura de gatos domésticos com o serval, um gato selvagem africano. O primeiro gato da raça tinha uma mãe da raça siamesa, mas eles precisam apenas de um ancestral serval para serem considerados desta raça. 

Eles têm uma aparência selvagem, com manchas e listras, mas sua aparência varia de acordo com a raça do gato doméstico usada no cruzamento.


Gatos desta raça são muito grandes, e aqueles da primeira geração (cruzamento direto de um gato selvagem e um comum) podem chegar a pesar 15 quilos. 

Eles são muito leais, costumam seguir os donos por toda a casa e gostam de brincar de buscar brinquedos, e podem ser facilmente treinados para usar coleiras. 

Outra característica incomum da raça é o seu amor à água. Eles até mesmo costumam entrar no chuveiro(assista aqui) com os donos, e gostam de pular em bacias cheias de água até esvaziá-las. Eles também pulam muito alto, com muita habilidade, podendo pular a alturas maiores que dois metros. (assista aqui)


Um gato adorável, mas um pouco bagunceiro.


Para ler mais sobre Gatos Incomuns acesse este link.
Fonte :http://hypescience.com/

Anúncios
Publicado em Curiosidade, Gatos | Deixe um comentário

TRANSPORTAR CÃES EM MOTO É PERMITIDO?

Segundo informação da  Polícia Militar SP, não existe nenhum regulamento a respeito de transporte de animais em moto. O animal só tem que ser transportado em um compartimento, de forma segura, sem oferecer riscos para ele e para o piloto.(http://oglobo.globo.com/)

 que adora  fazer motocross com seu dono Mike Schelin,veja as fotos 



Eles devem estar bem presos a moto para que nenhum acidente aconteça.
Aqui um exemplo do que NUNCA se deve fazer 
E um  de total irresponsabilidade que deveria dar cadeia,assista a este vídeo

Bom agora que você já sabe o que deve fazer e o que não deve,é pegar o peludo e curtir a estrada!

Existem inúmeras formas de se levar um cão numa moto,algumas bem sofisticados,outras mais simples ou criativa. O importante é lembrar da segurança de vocês.
O uso de óculos é fundamental,um capacete própio para cães,observe este da foto a seguir veja que o capacete tem viseira dispensando o uso do óculos e ela tem um recorte que se adapta ao focinho dos cães 

 Canny Sean Cole, um entregador de pizza de 43 anos de idade, decidiu inventar uma caixa especial para transporte de animais. A ideia surgiu pois seu cãozinho Gizmo não poderia ficar sozinho durante as viagens de Cole. Como deixar de viajar não era uma opção, o inventor colocou a criatividade para funcionar e inventou o objeto.(Leia toda reportagem aqui,e veja que criativo)


Existem inumeras formas de você transportar um peludo e eles adoram assim como amam andar de carro. Alguns cães já se tornaram famosos como a Nani que viaja por todo Brasil na garupa do seu dono veja este vídeo.
Ou como o cão Opee de 8 anos de idade
Publicado em Cães, Curiosidade, Dica, transporte | Deixe um comentário

CUIDADOS OU EXAGEROS ?

VOCÊ TEM ALGUMA DÚVIDA QUE TER AMOR UM PRATO DE COMIDA E SER RESPEITADO COMO UM CÃO,É TUDO QUE ELE PRECISA?

Apesar de acessórios e tinturas deixarem cães e gatos aparentemente mais bonitos, veterinários alertam para os possíveis malefícios do exagero nos cuidados de beleza dos pets. De acordo Mitika Hagiwara, professora titular da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, as tintas podem danificar o pelo do animal a longo prazo. “Cães podem lamber a tinta no pelo e o esmalte nas unhas. Se não forem tóxicos, as consequências são menos graves, mas ainda assim podem ter substâncias que sensibilizem o animal, causando reações alérgicas”, explica.

O veterinário Mário Marcondes, diretor do Hospital Veterinário Sena Madureira, em São Paulo, afirma que muitos animais têm alergia a componentes de tintas, por isso recomenda que se faça o teste primeiro em uma pequena área da pata do animal para ver se o produto causa reação. Outro problema apontado por Marcondes é o excesso de banhos. “O ideal é dar banho a cada 15 dias, mais do que isso pode causar ressecamento na pele do animal, dermatites e outros problemas”, diz.

Outro comportamento que os especialistas qualificam como um mau hábito é carregar demais o pet no colo ou dentro da bolsa. Marcondes afirma que o animal precisa fazer, no mínimo, uma dose de exercício aeróbico por dia. “É recomendável que o animal ande de 20 a 30 minutos diariamente. Isso evita obesidade e pressão alta”, diz.

Oferecer uma alimentação complementar também pode ser um mimo ruim para o animal. Alguns donos, além da ração, costumam dar biscoitos e doces caninos para os cachorros, o que contribui para o excesso de peso.


Amor demais?
Segundo César Ades, psicólogo e diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP, as relações com os animais de estimação estão sendo levadas ao extremo. “As pessoas encontram uma satisfação psicológica tão grande na relação com seus animais que querem que eles entrem no círculo humano”, diz o psicólogo, especialista em comportamento animal. Ele alerta que a diferença entre as espécies – ser humano e bicho – deve ser mantida. “O bom na relação é que um é animal e o outro é ser humano, ninguém deveria trocar de lugar com o outro. O que o animal precisa é ser considerado um animal, ele não tem ambição de ser um ser humano”, esclarece.

Para Mitika Hagiwara, pintar as unhas e tonalizar o pelo não fazem parte das necessidades dos bichos. “Isso é parte do imaginário e da fantasia dos seres humanos”, diz.
Hannelore Fuchs, psicóloga, veterinária e especialista na relação entre ser humano e animal, as pessoas devem respeitar o pet – e não tentar fazer dele um mini-humano coberto de pelos. “O animal não deve servir nem de brinquedo ou produto para ser exibido, deve ser um companheiro”, diz.


Qual é o limite?
Algumas atitudes que antes eram consideradas mimos já não são mais vistas dessa forma. O veterinário Mário Marcondes fala do uso de roupinhas para os cães, que ainda é um tabu entre a classe veterinária. “Muitos falam que é frescura, mas para animais pequenos e com a pelagem curta, a roupinha é importante para evitar gripe canina na época de frio”.

Para não ultrapassar o limite entre o cuidado e o exagero, Hannelore Fuchs é objetiva: “toda atividade ligada aos animais de estimação precisa ter uma funcionalidade”, explica. César Ades completa:“se faz bem para o animal não é excesso. O exagero é quando uma das partes sai prejudicada. Ou quando o animal passa a atrapalhar as relações do dono ou quando o dono submete o animal a uma atividade desnecessária para sua saúde e bem-estar”, diz.
Isso é cuidado
1. Cortar as unhas dos cachorros de 15 em 15 dias
2. Colocar rede protetora nas janelas para evitar a queda de gatos
3. Passar protetor solar nas pontas das orelhas, nos focinhos e em regiões que não tem pelagem
4. Roupinhas em animais de pelo curto durante os dias de frio
5. Cuidar para que o animal não tenha pulgas ou carrapatos

… e isso já é exagero
1. Pintar as unhas e os pelos
2. Mandar para o banho mais de uma vez por semana
3. Colocar acessórios como óculos escuros, chapéus ou sapatinhos
4. Andar demais com o pet no colo ou usar carrinhos de bebê para passear com o bicho
5. Dar muitos doces, biscoitos e ossinhos
(por:Camila de Lira, iG São Paulo)
Publicado em Cães, Conscientização, Saúde | Deixe um comentário

GATO X REMÉDIOS = CUIDADO!!!



VOCÊ SABIA QUE MEDICAMENTOS CORRIQUEIROS PODEM SER FATAIS PARA SEU GATO?
AQUI UMA RELAÇÃO DE MEDICAMENTOS QUE NUNCA DEVEM SER DADOS AO SEU BICHANO:

( Norsworthy’s 1993 Feline Practice)

-Acetominofen (Tylenol): 

Apenas 1 comprimido já pode ser fatal para um gato adulto. Causa anemia hemolítica, formação de metahemoglobina (não transporta oxigenio), cianose, icterícia, edema de face, Taquipnéia, necrose hepática.

– Benzocaina (Andolba)
Anestésico local em forma de spray ou pomada. Estimula o SNC, causa tremores, convulsões e por ultimo parada respiratória.

– Hidrocarbonetos clorados (como lindane, clordane)
Presente em alguns produtos de combate à pulgas e outros parasitas. A reação pode ser imediata ou levar dias para ocorrer. Começa com uma resposta exagerada aos estimulo, tremores, progressão para tremores cada vez mais fortes até um estado convulsivo, febre.

– Hexaclorofeno (agente germicida, encontrado em xampus, desinfetantes e sabonetes, como o Phisiohex)
É rapidamente absorvido através da pele e trato intestinal. Causa em gatos fadiga, fraqueza, incoordenação dos membros posteriores, febre, ausência de urina, paralisia flácida completa.

– Carbaril (Carbamato = usado em remédios contra pulgas como Talco Bulldog)
NUNCA, principalmente como coleira, que expõe o gato constantemente. Causa lesão no SNC e morte por parada respiratória.

Outros produtos, anti-pulgas, carrapatos e sarna, proibidos para gatos:
Sabão Bulldog; Sabão Bulldog Plus; Sabão Bulldog Sarnicida; Sabonete Antipulgas para cães Tratto; Sabonte Parasiticida Asuntol; Sabonete Banzé; Sparay Bulldog Antipulgas e Carrapatos; Spray Tratto; Talco Antipulgas Bolfo; Talco Banzé; Talco Bulldog Contra Pulgas; Talco Tratto.

– Azul de Metileno:
Usado em medicamentos para tratar infecções urinárias (deixa o xixi azul).

– Aspirina (AAS, Melhoral):
Primeiro estimula e depois causa depressão respiratória, ulceração gástrica, diminuição da agregação plaquetária, hipoplasia da medula óssea.
Nos sinais se tem inicialmente: taquipnéia e depois depressão respiratória, febre, anorexia, vômitos, gastrite hemorrágica, lesões renais, hemorragias, urina com sangue por nefrite hemorrágica.
No ser humano, 1 comprimido de aspirina leva de 3 a 4 horas para ser eliminado do organismo, por isso é tomado 1 comprimido a cada 4 horas.
Nos felinos, 1 comprimido de aspirina leva 72 horas para ser eliminado, ou seja, dura 3 dias. Isso faz com que seja extremamente fácil causar uma overdose.

MEDICAMENTOS QUE PODEM SER USADOS EM ALGUNS GASTOS
(com restrições e só com acompanhamento veterinário)

– Cloranfenicol
Causa Aplasia de medula óssea, por não conseguir ser metabolizado e eliminado. Sinais: animal fica cinza, abdomen duro, convulsão, fezes brancas.

– Lidocaína
Anestésico local (Xilocaína) Pode causar contração muscular, hipotensão, náuseas e vômitos.

-Anti-inflamatórios não esteróides
Podem causar úlceras.

-Tetraciclina
Pode causar febre, diarréia, depressão

-Morfina
Risco de superdosagem por acúmulo. Causa depressão
do SNC, convulsões. Deve ser usada com cautela. A dose máxima é
de 0,1mg/Kg por via intravenosa. Para uso pós-operatório.

– Fenobarbital, Pentobarbital Sódico e Tiopental Sódico (barbitúricos usados como anestesico)
Causam depressão respiratória e parada cardíaca. Usar com muito cuidado e monitoração. O tempo de duração do efeito é mutio maior que em outras espécies.

– Diazepan, Valium e Dienpax (tranquilizantes Benzodiazepínicos)
Via intravenosa pode dar depressão respiratória. Usar com muita cautela.

– Clorpromazina (Amplictil)
Em altas doses (pré-anestésico comumente usado em cães)- tremores de extremidade e cabeça, letargia, calafrios, rigidez, relaxamento do esfíncter anal. Acúmulo. Só usar em último caso, dar preferência a outro pré-anestésico, como Acepran+sulfato de atropina.
(FONTE: www.becodosgatos.com.br 

Um gato para dar remédio muitas vezes é uma tarefa difícil. Mas pode se transformar em algo menos estressante se você fizer o bichano associar a contenção a algo agradável – de preferência, desde filhote. Quem ensina é o especialista em animais Alexandre Rossi, autor de O Segredo dos Gatos (Ed. Globo).




5 dicas para dar remédio ao gato

1. Ao segurá-lo, seja firme, mas não aperte demais e não deixe livre nenhuma perna nem a cabeça.

2. Aja com naturalidade e fale sempre de maneira carinhosa.

3. Dê um petisco, brinque ou faça um carinho a cada etapa.

4. Sote-o apenas quando já estiver mais submisso.

5. Em certos casos, é preferível sedar ou anestesiar o animal a deixar que fique traumatizado – que deve ser feito por um profissional.

Assista neste vídeo sugestões de como você pode dar um comprimido para seu gato com dificuldade,baixa,moderada e alta AQUI



Publicado em Curiosidade, Dica, Saúde | Deixe um comentário

O SEU CÃO TEM OSTEOARTRITE?



Se o seu cão pudesse falar seria muito mais fácil ser seu melhor amigo. Mas ele não pode lhe dizer que as suas articulações ficam rígidas depois que ele brinca muito. Ou que o seu quadril dói quando ele sobe ou desce escadas.

Então, ele conta com você para reconhecer os sinais de dor e menor mobilidade e fazer com que o seu veterinário diagnostique a causa. Rigidez, mancar ou outros sinais sutis de dor podem ser as primeiras indicações de osteoartrite.

• A osteoartrite é uma das fontes mais comuns de dor crônica tratada pelos veterinários. É uma doença articular dolorosa, degenerativa, muitas vezes resultante de displasia coxo-femural ou de cotovelo.

• O número de cães que efetivamente sofre com esta doença degenerativa é desconhecido porque muitos proprietários atribuem as mudanças sutis no comportamento de seus animais de estimação à “idade” ou a uma “menor rapidez” quando, na verdade, a causa poderia ser osteoartrite






• Ainda que muitos casos ocorram em animais mais velhos, a osteoartrite pode afetar cães de qualquer idade, raça,tamanho sendo que os de grande porte são os mais propenso assim como os que tem excesso de peso.

 Com exceção da artroplastia, não há cura para a osteoartrite e a doença articular degenerativa em cães. Mas a dor associada a estas condições, a rigidez e a dificuldade de locomoção que provocam podem ser vencidas. Se você acha que seu cão apresenta algum dos sintomas apresentados anteriormente, converse com o seu veterinário. Lembre-se: seu cão depende de você. Ajude o seu amigo a recuperar a qualidade de vida. (Pfizer Saúde Animal)

.
Veja aqui como avaliar se seu animal tem osteoartrite,responda ao questionário:
(meu cachorro …)

– manca?
– reluta em fazer atividades que eram antes comuns?
– fica deitado ou descansando mais do que o normal?
– tem dificuldade para se levantar?
– tem dificuldade em subir ou descer escadas?
– tem dificuldade em andar, correr ou pular?
– já não tem mais o mesmo apetite?
– evita ser tocado?
– demonstra uma mudança inexplicável no comportamento?

Esses sintomas também podem variar de acordo com a gravidade da doença. Em geral, quanto mais grave a doença, mais fortes os sinais:

Leve          (Rigidez, diminuição das atividades, manca)
Moderada (Os sintomas de gravidade leve + dificuldade em se levantar e atrofia dos músculos
Grave      (Os sintomas de gravidade moderada + redução dos movimentos, gemidos constantes, letargia e “estalos” ao movimentar as articulações


       Exame pelo Veterinário
     Seu veterinário pode utilizar vários recursos de diagnóstico para verificar se o seu cachorro     está com osteoartrite, inclusive exame ortopédico (para checar a presença de dor nas articulações, inchaço) e radiografias (para ver se há alterações nos ossos causadas pela doença).


 Se o diagnóstico for osteoartrite, peça-lhe informações sobre as opções de tratamento. 


 O tratamento da doença se concentra nos seguintes objetivos:
· Reduzir a dor e a inflamação
· Evitar o avanço da doença
·  Facilitar a recuperação dos tecidos lesados
·  Melhorar ou manter a função das articulações

Para oferecer ao seu cachorro conforto e ajudá-lo a restaurar um nível satisfatório das funções de movimento, seu veterinário provavelmente lhe recomendará alguns procedimentos:
– Dieta adequada

      Antiinflamatórios e analgésicos


          Fonte: Merial  Brasil

Publicado em ortopedia, Saúde | Deixe um comentário

GATOS OU CÃES SÃO MAIS INTELIGENTE?

O cérebro do gato desempenha MUITAS funções, mas a impressão que temos, principalmente a quem não tem uma convivência com gatos, é de que esses felinos não têm capacidade de aprender. 

Diferente dos cães, eles não obedecem tanto nossas ordens e parecem até nem se importar muito com isso. A verdade é que para os gatos nossos elogios, códigos e comandos não têm muito valor ou sentido, mas certamente a inteligência está lá. 

Um exemplo prático é quando vamos colocá-los na caixa de transporte para ir ao veterinário. Eles relutam muito, mas entrar novamente para voltar pra casa é outra história! “Vai que é uma beleza”! Nisso notamos como eles sabem o que é melhor.

Outro exemplo é ao brincar com uma bolinha, a maioria dos cachorros (notem que não estou generalizando! rsrs…) deixa a bolinha rolar por de trás de um móvel e fica concentrado no local em que a bolinha entrou. Os gatos já têm a consciência de que se a bolinha entrou por um lado sairá por outro, ou seja, ele dará a volta para pegar o brinquedo na outra extremidade.

Obs.: São inteligências diferentes, os cachorros fazem coisas que gatos não fazem também. 

Os gatos aprendem tanto quanto os cães, mas não simplesmente pelo prazer de te servir, existe uma questão de “toma lá dá cá”, ou seja: “Eu até faço o que está pedindo, mas quero uma recompensa”. 

Se usarmos sempre um estímulo de um petisco as chances de “obedecerem” a um comando são bem maiores. 

Eles também demonstram inteligência simplesmente por entenderem o que queremos e não fazerem questão nenhuma de nos dar ouvidos. Eles DECIDEM o que é melhor pra eles. 

Os gatos domésticos nascem, assim como os selvagens, com extintos de caça, marcação de território, etc. Mas “interferimos” nesses comportamentos ao darmos a eles todas as mordomias. Não me interpretem errado! É muito melhor que eles fiquem em casa do que soltos! A expectativa de vida do bichano é muito maior no ambiente doméstico, é apenas um comparativo de instinto de sobrevivência. 

No habitat natural, o gato aprende nas primeiras semanas de vida a desconfiar do homem e outros animais, considerando que ele é muito pequeno e indefeso. 
Lauesg (tudogato.com)

Fonte (fração do texto e imagem do cérebro):
 FOGLE, Bruce – “Manual Completo – Gato



E entre o cão e a cadela você sabe qual é mais inteligente?
guerra dos sexos já tem vencedor. Entre os caninos, pelo menos. Um estudo da Universidade de Viena, na Áustria, constatou que os cérebros de machos e fêmeas apresentam diferenças substanciais. E que elas são mais espertas, de acordo com um teste criado para mexer com as cabecinhas deles: uma bola grande desaparecia atrás de uma mesa, enquanto outra, bem menor, surgia do outro lado.
Segundo os pesquisadores, as cadelas percebiam que não se tratava da mesma bola. Mas os cachorros, bobinhos, não. Como eles sabem? Dá para deduzir pelo pouco tempo que as fêmeas passavam olhando para o objeto – “se algo inesperado ou, digamos, impossível acontece, os animais (assim como as crianças pequenas) observam o evento por mais tempo, diz o líder do estudo, Corsin Müller. Ponto para elas.


Publicado em Curiosidade | Deixe um comentário

CADEIRAS DE RODA,TIRAS E PEITORAIS PARA PELUDOS ESPECIAIS

São muitas as opções para dar mais conforto ao seu peludo e auxilia-lo a 
voltar a andar .Alguns modelos você mesmo pode fazer.


Mas leia antes as observações feitas pela Medica Veterinária Carolina Rodrigues
Muitos animais tem grandes chances de recuperaçao, mas pelo caso grave costumam assustar os proprietários e até mesmo os próprios veterinários. Eu mesma já me deparei com situações assim, mas o meu empenho em fazer o animalzinho andar é maior do que qualquer coisa, e mesmo em alguns casos onde o cão pode voltar a andar o carrinho pode se fazer necessário para ajuda-lo a lembrar de como andar. O que não podemos é nos acomodar logo no início da lesão com o carrinho e não tentar um tratamento para que ele volte a andar sozinho. (leia post:Paralisia-Acredite ele pode voltar a andar)
     O meu conselho é que o proprietário nunca deixe de procurar opinião de vários veterinários, pois muitos tratamentos novos surgem e podem surpreender até mesmo os veterinários mais antigos, assim como os veterinários novos também tem sempre muito o que aprender com eles! 
    Outro ponto importante é que mesmo com o carrinho, o animal não pode ficar sozinho. Enquanto usa o carrinho deve ter companhia e ser mantido longe de lugares arriscados, como escadas, ou seja, pode permanecer por um bom tempo no carrinho, mas também deverá ter seu tempo de descanso.”

Dito isso vamos as dicas:
Modelo 1 “Faça você mesmo” já bem conhecido.
CADEIRINHA DE PVC:

Veja o passo a passo neste link
Este é o resultado.

Modelo 2 “Faça você mesmo”
Cadeirinha acredite,feita com cano de aspirador,fechadura de porta ente outros.

 Acesse o passo a passo aqui 
O resultado é esse:(Vídeo)  

Você encontra ainda no Blog do Djalma Vaz 2 modelos mais complexos. 

AQUI  você aprende o passo a passo de uma feita com caminhão de brinquedo
ESSAS A SEGUIR SÃO RESULTADO DE UM TRABALHO VOLUNTÁRIO,VEJA:
Estamos fazendo em casa estas cadeiras de rodas para cães. Elas são provisórias pois são um pouco pesadas.São feitas sob medida.

Se souberem de algum cão que precise da cadeira por favor avise. Estamos fazendo sem custo algum, apenas para ajudar!!!

Dani e Carlos (Contato com a Dani Navarro no: d_nramos@hotmail.com)

SUGESTÕES EXISTENTES NO MERCADO:










IDEAL PARA AQUELES COM PARALIZIA TEMPORARIA CAUSADA POR CINOMOSE E TRAUMAS RECUPERÁVEIS
E SE ENCONTRAM EM TRATAMENTO.
Para ver mais modelos visite o site
Para maiores informacoes envie um email para cardog@mandic.com.b










OUTRA OPÇÃO DE PEITORAL PARA CÃES ESPECIAIS.
Tem modelos conforme as necessidades de seu animal neste endereço








(imagem ilustrativa)

    NESSE SITE VOCÊ ENCONTRA CADEIRA DE RODAS 

PARA :GATOS,COELHOS E CÃES






VALE A VISITA,DICAS E DETALHES AQUI
FONE/FAX : (14) 3881 1658
SUPORTE VETERINÁRIO: (14) 9798 0123   E-MAIL : vetcar@vetcar.com.br
BOTUCATU/SP









POR RICARDO BASTOS:”ME DEDICO DESDE 2002 A ANIMAIS DEFICIENTES, PROJETANDO EQUIPAMENTOS DESDE UM COLAR CERVICAL A UMA PATA DE UM CÃO AMPUTADO,CARRINHOS A COLETE ORTOPÉDICO
Informações e contato aqui


















ESSE É UM MODELO DA DOG CAR (RJ)
UMA EMPRESA FORMADA POR IRMÃOS ARTISTAS PLÁSTICOS,QUE DIANTE DE O DRAMA VIVIDO POR UM FILHOTINHO,PASSARAM A PRODUZIR CADEIRAS E PRÓTESES PERSONALIZADAS PARA ANIMAIS.
VISITE O SITE,QUEM SABE NÃO ESTÁ AQUI A NOVA CHANCE DO SEU PELUDO   
CONTATOS : 9951 7677 /  9775 6365
                             
E-MAIL:dogcar@dogcar.com.br









VIDAS SOBRE RODAS/ PARA CÃES E GATOS. CABRIOLES LEVES E DE FÁCIL ADAPTAÇÃO
SAIBA MAIS SÔBRE ESTE PRODUTO NO SITE:
Chapada Diamantina – Bahia 0(xx)74-9999-2144

PORTUGAL :A DOG LOCOMOTION  TAMBÉM FAZ CARRINHOS PERSONALIZADOS CLIK
 aqui e aqui PARA VER.







ESTE SITE É MUITO BACANA,CONTA A HISTÓRIA DO KINDER,ESTE CÃOZINHO DA FOTO.
SEU TUTOR CONTA TODA TRAJETÓRIA ATÉ CHEGAR NA MELHOR CADEIRINHA PARA ELE.
DÁ TAMBEM MUITAS DICAS,NÃO PERCA AQUI

* EM TODOS OS CASOS CITADOS,LEMBREM-SE DE QUE É FUNDAMENTAL 
O PARECER E O ACOMPANHAMENTO DE UM MEDICO VETERINÁRIO  
Publicado em Cães e Gatos, Dica, Faça Você, Saúde | Deixe um comentário