CACHORRO FICA GRIPADO?

GRIPE CANINA OU TOSSE DOS CANIS

Os cachorros, como a gente, também podem pegar gripe. Em cães, essa doença é chamada de tosse dos canis ou traqueobronquite infecciosa canina. Ela é altamente contagiosa entre os cães, mas raramente evolui para algo mais grave. No entanto, os cachorros doentes podem ter muito incômodo para comer ou dormir. (Fonte :www.merial.com.br )

SINTOMAS
Normalmente nos cães acometidos pela gripe, os principais sintomas observados são :
-Acessos de uma tosse seca, parecendo que o animal está engasgado, às vezes expectorando um tipo de espuma branca. Essa tosse costuma piorar com exercícios físicos, agitação ou mesmo pela própria pressão da coleira.
-Em casos mais graves seu cão pode apresentar secreção nos olhos, coriza, falta de apetite e febre.
-Nos filhotes e nos animais mais debilitados o quadro pode evoluir para situações mais complicadas, como pneumonia, por exemplo.

TRATAMENTO
Se o cão já contraiu a doença o tratamento básico consiste em antibioticoterapia (tratamento à base de antibióticos), xaropes para alívio da tosse, antiinflamatórios e confinamento do animal, evitando que ele fique exposto ao frio, vento, umidade e evitar banhos.

PREVENÇÃO
Normalmente aquela pessoa que tem mais de um cão, quando um deles contrai a gripe canina, todos eles acabam também ficando doentes, cada um deles com a sua gravidade, como se fosse uma gripe humana.
Portanto, nesta época do ano, convém por precaução evitarem-se lugares com grande concentração de animais, onde a probabilidade de transmissão da doença é muito maior, como parques, jardins, canis, lojas de animais.
É importante salientar que nem sempre o cão que apresenta o sintoma de tosse seca está com a gripe canina. Muitas vezes este sintoma também ocorre em animais cardiopatas (animal com problemas cardíacos), particularmente nos animais idosos.
Por isso, sempre é importante levar o animal em seu veterinário de confiança, para que o diagnóstico seja correto.

(Fonte : http://www.portaldacinofilia.com.br/doencas_e_patologias_gripecanina.htm )

* VACINAR OU NÃO? LEIA MAIS NA FOTO 3)

OBS :Logo que os sintomas forem verificados, o animal deve ser levado para avaliação veterinária. Nunca devem ser fornecidos medicamentos por conta própria, sendo que antigripais destinados a pessoas podem ter uma série de efeitos colaterais quando dados a animais, como intoxicação e problemas gástricos.

QUAIS AGENTES CAUSADORES E COMO O ANIMAL PODE SE INFECTAR

A gripe canina é causada por diversos agentes infecciosos, entre os quais se incluem o vírus da parainfluenza, a bactéria Bordetella bronchiseptica e o adenovírus tipo 2, além de micoplasmas, reovírus e herpesvírus que também contribuem para a ocorrência dessa doença.
Na maioria dos casos, a gripe é resultado da presença de mais de um desses microorganismos, sendo que o agente mais comum é o vírus da parainfluenza que provoca sintomas leves que duram até 6 dias, se não estiver presente nenhuma bactéria.
A bactéria mais observada em casos de gripe canina é a Bordetella bronchiseptica.
O clima frio e seco favorece o aparecimento da gripe canina, que é facilmente transmitida de um animal doente para outros por meio da tosse e espirros ou objetos contaminados.
A transmissão aumenta quando há aglomeração de animais, como em parques, praças, canis, hotéis, abrigos e lojas de animais.
A GRIPE CANINA PODE SER TRANSMITIDA AO HUMANO?
Não. Você não vai pegar gripe se ficar perto de seu cachorro quando ele estiver com gripe.
(Fonte :www.merial.com.br)

OBS: A HIGENE E VENTILAÇÃO DO LOCAL ONDE MANTEM SEU ANIMAL É FUNDAMENTAL PARA EVITAR O CONTAGIO. MUITO IMPORTANTE TAMBEM MANTE-LO AQUECIDO COM ROUPINHAS,E NA HORA DE DORMIR UMA CAMINHA,COBERTORES OU TAPETES PARA FICAR QUENTINHO.

VACINAR OU NÃO?

A principal indicação é para animais que vivem em grande concentrações como abrigos,canis…
A outra indicação é para cães que receberam aleitamento artificial, cardiopatas e idosos. Não que a gripe em si seja muito danosa, mas ela pode ser elemento desencadeador ou complicador nos casos citados. Em teoria, cães contactantes de cinomose poderiam se beneficiar também com a vacina.
(Med.Vet. Heidi Ponge-Ferreira)

Porem deve ser bem avaliada a real necessidade da vacina :
Há duas opções para vacinar contra a gripe canina:
pela via injetável ou nasal.
Se seu animal é um Buldogue Francês, Pug, Boston Terrier, Pequinês, Boxer, Buldogue Inglês, Shih Tzu ou qualquer outra raça com a cara “amassada”,de focinho curto (Braquicefálico), o cuidado deve ser redobrado com vacinas por via nasal,elas podem causar reações adversas levando o animal a óbito.


Na Injetável existem varios relatos de mal estar ,febre,alopecia(perda de pelo no local da aplicação),formação de caroço no local da picada.faz o alerta Mãe De Cachorro AnaCorina,que vem estudando muito nos ultimos anos sobre vacinas e seus efeitos colaterais.

Converse com o Veterinario de sua confiança e tire todas as dúvidas antes de vacinar seu Pet.

Esse post foi publicado em Dica, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s